+351 937 951 720 dietistasonia@gmail.com

 

Porque tenho mais fome no inverno? Quem é que nunca sentiu mais fome naqueles dias frios e chuvosos?! Eu já! E bem sei que não é fácil controlar esta fome. Quando me aconteceu, pensei, “mas o que se passa que agora tenho sempre fome e me vez de ½ pão preciso de comer o pão todo, ou como mais ao jantar…”. O que sucede é que o nosso organismo gasta mais energias, para tentar manter a temperatura corporal e por isso, “pede” mais calorias e sentimos mais fome e necessidade de alimentos ricos em hidratos de carbono e gordura. Não devemos “ceder” a este desejo e comer alimentos calóricos e cheios de açúcar como bolos, chocolate quente, cappuccinos, e pratos típicos cheios de gordura. Devemos sim, manter a nossa alimentação saudável, com escolhas equilibradas e conscientes, mas aumentar os alimentos “quentes” e de conforto, mas saudáveis.

 

Outra questão importante para responder à questão ” porque tenho mais fome no inverno” é que o frio diminuiu a sensação de sede e por isso, é importante manter-se hidratada e colocar lembretes, se necessário par beber água ou líquidos quentes não açucarados.

 

 

O que devemos mudar então na nossa alimentação:
  • Fazer pequenas refeições e mais frequentes ao longo do dia para que não tenhamos fome e consigamos dar sempre alguma energia ao nosso organismo;
  • Apostar em sopas – são uma fonte riquíssima de vitaminas e minerais, servem-se quentes o que permite “aquecer” o organismo e são uma forma de hidratação;
  • Elaborar estufados e caldos – mantém as vitaminas e minerais dos ingredientes usados (deve usar e abusar dos legumes) e são também uma forma de ingerir “comida de conforto”
  • Beber líquidos quentes – chás, infusões, café, cevada… sem açúcar e gordura adicionada.
  • Não esquecer os alimentos da época – tangerina, dióspiro, castanha, beldroegas, romã, laranja, abóbora, batata doce, beterraba, couves, nozes… possuem vitamina A, C, e ácido fólico…
  • Incluir mais refeições de peixe e, pelo menos 3 vezes na semana, comer peixes ricos em ómega-3 (um importante anti-inflamatório) como a sardinha, cavala, arenque, atum, salmão…

 

Deixo-lhe ainda um artigo sobre opções alimentares quando tem muita fome ao final do dia. Pode ler, aqui. Espero que a ajude.

 

 

Dicas de uma Dietista. Sabor com saúde.

Para mais informações/marcação de consulta

Email – dietistasonia@gmail.com/ Tel. 937951720

 

 

 

Abrir Conversa
Posso ajudá-la?
Olá!
Estou aqui para ajudá-la!