Com o bom tempo, o sol e o calor apetece comer uma salada fresca e saborosa! Pelo menos, a mim apetece-me muito mais saladas no verão que no inverno. Também lhe acontece?

Adoro escolher os ingredientes que vão compor a salada e dar-lhe cor e sabor. Reparo que para a maioria das pessoas, salada significa alface, tomate e cebola e depois uma lata de atum por cima e um ovo. Não digo que não saiba bem, mas a nível nutricional podemos enriquecê-la com legumes diferentes como a couve roxa, rabanetes, legumes salteados ou grelhados (fica ótimo) e um hidrato de carbono de qualidade, como o arroz integral, a quinoa, cuscuz integral, bulgur… e depois a proteína (animal como carne, peixe e ovos ou vegetal, como as leguminosas).

O tempero deve ser moderado! Atenção que temperar com uma colher de sopa de azeite (90kcal) é diferente de colocar um fio de azeite (equivalente a umas 3 colheres de sopa, o que representa 270kcal). E depois ainda existe a tendência de colocar sementes e frutos oleaginosos e abacate e… o que acontece?! O valor calórico sobe mais 200 a 300kcal!! E a salada saudável deixa de o ser.

Importa ter atenção à qualidade dos ingredientes, mas também à sua quantidade.

Mas não se preocupe que vou dar-lhe 5 sugestões de saladas deliciosas para experimentar. O difícil vai ser mesmo escolher.

Veja aqui:

Conte-me, é fã de saladas? Qual a que vai querer experimentar?

Se para si a principal dificuldade é o molho a colocar na salada, pois usa sempre o azeite, vinagre e sal e quer variar, veja este artigo com opções diferentes, saborosas e saudáveis:

Dicas de uma Dietista. Sabor com saúde.

Para mais informações/marcação de consultaEmail – dietistasonia@gmail.com/ Tel. 937951720

0
    0
    Carrinho de Compras
    Carrinho vazioRegressar à loja