fbpx

Sabe como distinguir a fome da vontade de comer? Muitas vezes confundimos fome e vontade de comer e acabamos por comer a mais e alimentos mais calóricos. Também sente isso? Será que tinha mesmo fome quando comeu ontem aquele bolo ao lanche? Ou será que era mesmo fome quando comer frutos secos ou batatas fritas após o jantar? 

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ 

É importante distinguirmos a fome física (já passaram mais de 3 horas desde a última refeição, dores de estômago, fraqueza…) da fome emocional que é, no fundo, aquela “vontade de comer” determinado alimento associado a uma emoção/estado – tristeza, relaxamento, frustração, para ocupar o tempo, como recompensa/compensação.

Hoje desafio-a a que sempre que tenha fome avalie se será “fome física” ou “fome emocional”. Para isso faça as seguintes questões:
– Há quanto tempo eu já comi?
– Sinto que estou tonta, com dores de estômago ou fraca?
– Tenho tanta come que como “qualquer coisa, por exemplo comia agora um prato de brócolos” ou apetece-me um alimento específico?
– O meu pensamento é “preciso de comer um chocolate, batatas fritas, bolachas, pão…”?

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ 

Depois de verificar que não é fome, mas sim vontade de comer deve seguir estes 3 passos:

– Perceber o que a está a fazer ter essa fome. A fome emocional está sempre ligada a stress, ansiedade, frustração, tristeza… se souber o porquê, consegue atuar na causa e resolver o problema.

– Beber um chá, café, cevada (uma bebida quente, não açucarada, vai ajudá-la a sentir mais conforto e diminuir a ansiedade).

– Distrair-se com uma atividade que goste, como pintar, ler, arrumar, dançar… para tirar o foco da comida.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ 

Hoje teve fome ou fome emocional? E o que comeu? Escreva nos comentários para a conseguir ajudar ☺

E se quiser saber mais dicas sobre fome emocional, veja aqui.

 

 

Dicas de uma Dietista. Sabor com saúde.
Para mais informações/marcação de consulta
Email – dietistasonia@gmail.com/ Tel. 937951720
0
    0
    Carrinho de Compras
    Carrinho vazioRegressar à loja