Afinal, o que é a fome emocional?  🤔

Fome é o nome que se dá à sensação fisiológica pela qual o corpo percebe que necessita de alimento para manter as suas actividades inerentes à vida. A fome designada por ‘emocional’ está muitas vezes associada ao consumo de alimentos ricos em hidratos de carbono simples (açúcares) ou com a combinação gordura-sal-crocante, que oferecem uma sensação de prazer e bem-estar. Pode ser acionada por comportamentos de recompensa menos saudáveis, mas pontuais, e por emoções menos positivas, iniciando-se assim um ciclo vicioso. Sempre que experiencia determinada emoção, sensação ou acontecimento (como o chegar a casa depois do trabalho ou o sentar no sofá após o jantar) surge uma vontade repentina, uma necessidade aguda e urgente de comer determinados alimentos (doces, salgados ou crocantes). Só depois de os ingerir se sente melhor, com mais energia, bem-estar, até positiva.

👉 Este é o chamado mecanismo de recompensa!

 

 

No fundo deve estar atenta quando sente uma rápida sensação de fome desencadeada por um desejo ou uma necessidade de comer, difícil de controlar e acompanhada pela sensação de que tem de ser satisfeita imediatamente e, normalmente, é saciada apenas através da ingestão de alimentos calóricos como referi anteriormente. Além disso, desencadeia um comportamento de ingestão alimentar independente das necessidades do organismo que se mantém mesmo após a sensação de se estar cheio. Contudo, este sentimento dura pouco e, rapidamente, regista-se uma nova quebra de humor e energia. 

É possível adoptar algumas estratégias que ajudam a controlar a fome emocional e que falarei noutro post.

 

Para já é importante que distinga a “fome” da “fome emocional” e que perceba que comer alimentos calóricos não a vai ajudar a ultrapassar/resolver nenhum problema ou desafio que esteja a enfrentar. 😬

É dos temas que mais trabalho em consulta, por um lado porque gosto imenso de dar estratégias e fazê-la ter outra perspectiva e por outro, porque existem muitas pessoas com esta dificuldade. Se as minhas pacientes conseguem ultrapassá-la, sei que também conseguirá! 🙌

 

Se mesmo assim, sente que precisa de ajuda leia as minhas 8 dicas para gerir esta vontade de comer e aprenda que comer para colmatar emoções só a vai deixar com menos energia e mais desafios para enfrentar. Veja o artigo, aqui.

Obs: Texto escrito em parceria com a Nutricionista @anamartafaria_nutricionista (4054N)

Dicas de uma Dietista. Sabor com saúde.

Para mais informações/marcação de consultaEmail – dietistasonia@gmail.com/ Tel. 937951720

0
    0
    Carrinho de Compras
    Carrinho vazioRegressar à loja