fbpx

 

 

Como não ter o pensamento “perdida por 100, perdida por 1000”?! Vou ajudá-la.

Começou na passada 2f a fazer dieta, tudo estava a correr muito bem. Não tinha comido mais nenhum doce, nem arroz, massa, batata e até tinha retirado o pão do seu dia. Custou-lhe!! (adora pão!!), mas conseguiu e sentiu-se super motivada e vitoriosa!

 

Na sexta-feira o seu marido quis encomendar piza! Tinha conseguido uma promoção no trabalho e quis festejar! Ai piza! Algo a que não consegue resistir! “Eu não vou comer piza, disse, convicta. Vou fazer uma salada para mim e vocês comem a piza!”

 

O seu marido olhou com um ar estranho (acha que ele não acredita que não vai comer a piza, mas está determinada e não vai). A piza chega, põe a mesa e coloca a salada no seu prato e a piza no centro da mesa!

 

E o seu marido pergunta “de certeza que não queres uma fatia? Só uma não te vai fazer mal, vá lá, come também”… pensa, pensa, olha para a salada, olha para a piza… “está bem, só vou comer uma fatia”. Coloca na boca a primeira dentada e que bem que lhe sabe! Come a fatia num piscar de olhos e fica com vontade da segunda fatia… e come… no final fica a sentir-se mal por já ter comido 2 fatias e pensa “oh, já não quero saber, já que estraguei tudo vou comer o que me apetecer!” E come mais 3 fatias!!

 

O que aconteceu? Aplicou o pensamento “perdida por 100, perdida por 1000”. E agora diga-me é a mesma coisa comer 2 fatias de piza com uma salada, do que comer 5 fatias de piza?! Não!!

 

Como não aplicar este pensamento?! Faça estas questões para si mesma e escreva as respostas. Releia as vezes que forem necessárias.

 

 

– Pense “será que 1 refeição mais calórica anula o resultado de uma semana a comer saudável”?

– Se começar novamente a comer menos saudável, quando é que irá alcançar o seu objetivo?

– Pense “não deveria ter comido, mas amanhã vou voltar à minha alimentação saudável e fazer exercício. Não faz mal.”

– O que vou ganhar em deixar de comer bem? E o que vou perder?

– O que vou ganhar em comer “mal”?

 

 

Vou ensiná-la a ter estratégias e a comer tudo o que gosta em vez de fazer dietas restritivas e punir o seu corpo. Trabalho muito a mudança de mindset em consulta e reforço sempre que não devemos comer para compensar emoções. A comida serve para nos nutrir! Veja mais informações sobre o meu trabalho, aqui.

 

 

 

Dicas de uma Dietista. Sabor com saúde.

Para mais informações/marcação de consulta

Email – dietistasonia@gmail.com/ Tel. 937951720

 

 

 

0
    0
    Carrinho de Compras
    Carrinho vazioRegressar à loja